Alienação à moda dos EUA


Em novo episódio do ataque à democracia, eleições norte-americanas escondem da sociedade exatamente o que ele mais precisaria saber
Noam Chomsky | Tradução: Gabriela Leite e Antonio Martins / Outras Palavras


“Nossos políticos mostram uma estraordinária vontade de sacrificar as vidas de nossos filhos e netos por ganhos a curto prazo. No momento em que as eleições para a Presidência chegam ao momento decisivo, é útil indagar como as campanhas políticas estão lidando com os temas mais cruciais que enfrentamos. A resposta é: ou muito mal, ou simplesmente não tratam destes assuntos. Sendo assim, surgem algumas questões importantes: por que? E o que podemos fazer em relação a isso?

Existem dois problemas de importância fundamental, porque o destino da espécie está em jogo: o desastre ambiental e a guerra nuclear. O primeiro está regularmente nas primeiras páginas. Em 19 de setembro, por exemplo, Justin Gillis escreveu uma reportagem para o New York Times sobre como o derretimento do gelo do Oceano Ártico cessou por esse ano, “mas não sem antes derrubar seu recorde anterior — desencadeando novas preocupações sobre o ritmo acelerado nas mudanças da região.” O derretimento está se dando de modo muito mais rápido do que era previsto por modelos matemáticos sofisticados e pelos últimos relatórios da ONU sobre o aquecimento global.

Novos dados indicam que o gelo deve desaparecer durante o verão até 2020, com consequências severas. Pesquisas estimam que o gelo desaparecerá completamente por volta do ano 2050. “Mas os governos não responderam à mudança com a urgência necessária para limitar as emissões de efeito estufa,” escreve Gillis. “Ao contrário, sua resposta principal tem sido planejar a exploração dos agora acessíveis minerais do Ártico, incluindo a extração de mais petróleo” — isso é, acelerando a catástrofe. A reação demonstra, novamente, uma extraordinária vontade de sacrificar vidas das nossos filhos e netos pelo curto prazo.

Ou, talvez, uma vontade igualmente notável de fechar nossos olhos, para que não vejamos o perigo iminente. Não é só. Um novo estudo do Monitor da Vulnerabilidade Climática verificou que “as mudanças climáticas provocadas pelo aquecimento global estão reduzindo a produção econômica mundial em 1,6% ao ano, e provocarão a duplicação de certos custos estratégicos nas próximas duas décadas”. O estudo foi amplamente divulgado em outros países, mas os norte-americanos foram poupados de tais notícias perturbadoras. As plataformas dos partidos Democrata e Republicano sobre assuntos climáticos foram analisadas na edição de 14 de setembro da revista Science.”
Artigo Completo, ::AQUI::

Comentários

Leia Mais..