Governador norte-americano compara casamento gay a incesto

Governador republicano Tom Corbett reafirmou comparação feita por assessor durante entrevista a canal norte-americano / Reprodução/ Tom Corbett

Assessor de Tom Corbett, do Partido Republicano, já havia feito analogia semelhante


O governador do estado norte-americano da Pensilvânia, Tom Corbett, comparou nesta sexta-feira (04/10) o casamento gay com o incesto entre um casal de irmãos. A afirmação provocou muita revolta entre ativistas e defensores da união entre pessoas do mesmo sexo ao redor dos Estados Unidos nas redes sociais e mídias.

Corbett, do Partido Republicano, participava da seção “pergunte ao governador” do canal CBS quando a âncora perguntou seu posicionamento sobre uma declaração de um de seus assessores jurídicos, que comparou o casamento entre pessoas do mesmo sexo com o incesto entre dois irmãos de 12 anos.

“Foi uma analogia inapropriada”, disse. “Eu acredito que uma analogia mais correta seria entre um irmão e uma irmã; você não acha?”, indagou, que ficou sem resposta da jornalista.

A Pensilvânia é o único estado no nordeste dos Estados Unidos onde o casamento gay e a união civil de casais do mesmo sexo estão banidos. Apesar da resistência do governo, a proibição está sendo contestada em cortes federais e estatais, levantando muita polêmica em torno do assunto no estado.


Depois da ampla repercussão negativa, o governador emitiu uma carta, na qual afirma que não tinha a intenção de “ofender” ninguém. Corbett, no entanto, não apenas manteve seu posicionamento como também justificou a analogia. 

“Eu expliquei que o estatuto vigente na Pensilvânia delineia categorias de indivíduos que não podem obter a licença para casar”, diz o texto. “Como um exemplo, citei o casal de irmãos como uma dessas categorias, que está definida, claramente, na lei estatal. Minha intenção era a de providenciar um exemplo dessas categorias”, acrescentou.

O governador encerrou o pedido de desculpas afirmando que a questão do casamento entre pessoas do mesmo sexo será decidida com “respeito e compaixão dos dois lados”.

Comentários

Leia Mais..