Alguém ainda tem qualquer dúvida de que a torcida do Grêmio é racista?

Aranha
, DCM

Se alguém tinha dúvida se o racismo da torcida do Grêmio não se restringia a meia dúzia de imbecis, ela foi dizimada na partida de ontem contra o Santos.

O estádio em peso vaiou Aranha do aquecimento ao fim. De um jeito, vamos dizer, especial.

Espertos gritavam “Branca de Neve” (risos) e “alemão” (risos?). Outros gênios tapavam a boca para poder xingá-lo de sabe-se lá o que sem ser flagrados pelas câmeras.

Não se trata de proibir a vaia no futebol. Não é mimimi.

O que se viu ali foi de outra natureza. Uma perseguição absurda a um sujeito que ousou indignar-se com calhordas que acham normal falar que um negro é macaco.

Ok, o irracional manda nas arquibancadas. Mas, no segundo confronto entre as duas equipes, a cambada fez o extremo oposto de qualquer atitude próxima de honrar seu clube.

Aranha, mais uma vez, saiu-se com hombridade. Jogou com frieza, fez algumas boas defesas (0 a 0), não caiu em provocações, não provocou.

No intervalo, afirmou que o que estava ocorrendo era “triste”. “Se tiver que dar desculpas para esse povo, não dou”, falou. É o antiPelé, tanto na capacidade de articulação quanto na coragem.

Ele voltaria ao ponto no final. Cercado por repórteres, teve uma breve discussão com dois deles.

“Fiquei triste. Deu para perceber bem qual o pensamento da torcida gremista. A grande maioria apoiou [a palhaçada de vinte dias atrás]. Tinha muita gente contra minha atitude. Não ligo para vaias, para manifestação do torcedor, desde que seja do esporte. E a gente, sem ser hipócrita, sabe que a vaia hoje foi diferente”, declarou.

A dupla quis saber o que significava o “diferente”. É uma pergunta, na melhor das hipóteses, burra. Na pior, cínica.

Sem se exaltar, foi didático. “Foi diferente por tudo o que aconteceu. Você concorda? Nunca me senti tão mal jogando em um lugar como me senti hoje. Cobraram o perdão, mas não tem como perdoar um pessoal desse.

Sinceramente esperava ser recebido de outra maneira, porque acreditava que a grande maioria do torcedor gremista tinha repudiado [o ato racista]. Mas, pelo que vi hoje, eles concordam”.

Sim, eles concordam. Quem acreditou na balela de que o racismo do primeiro confronto no RS foi “um ato isolado” merece um pacote de bombachas.

Aranha deu uma lição — inútil, provavelmente, para as pessoas que se deram ao trabalho de se deslocar até a Arena para tentar colocá-lo em seu devido lugar. É preciso registrar a contribuição do técnico Felipão, sempre capaz de uma besteira maior que a anterior, que acusou o goleiro de “encenação”.

O “preto safado”, o “preto fedido” não tinha o direito de expor uma doença coletiva dessa maneira. De dar visibilidade nacional a uma aberração entranhada há décadas, disfarçada sob um papo furado subantropológico. “Macaco é como nos referimos aos colorados desde 1540 blabblablá”.

Em 90 minutos, Aranha fez mais contra o racismo no futebol brasileiro do que toneladas de videocassetes educativos da FIFA. Com o auxílio impagável, fundamental da escumalha que tentou agredi-lo covardemente e saiu humilhada. De novo."
Via Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

12 Comentários:

Anônimo disse...

O caso do Arouca foi aonde mesmo? Em São Paulo Mogi Mirim... Só mais uma coisa os primeiros abolicionistas sérios eram Gaúchos a finada República Rio-Grandense pregava o fim da escravidão com o lema Liberdade, Igualdade e fraternidade e o império do Brasil lutava pela manutenção da sociedade escravagista
o RS elegeu um governador "Afro" Alceu Collares, Paulo Paim é o senador mais votado. O Brasil e os brasileiros falam do que não conhecem.

Anônimo disse...

texto simplesmente ridiculo, mesmo eu nao sendo gremista ou mesmo gaucho.

Anônimo disse...

Ridiculo. Um cara vai faz uma bagunça na tua casa, tu é penalisado e depois quando ele volta VC vai agradar ele? Hipócrita.

artes disse...

Um ótimo texto eles mostraram que são sem educação,muito bem a atitude do goleiro,e foi muito bem o grêmio ter sido punido.

Anônimo disse...

Acompanho o linkirado.net diariamente ha algum tempo e com certeza foi a coisa mais ridícula que li.Com certeza o autor do texto é um grande aproveitador de situação.E que papo é esse"- de quem concorda merece um pacote de bombachas!)Isto pode ser considerado como discriminação e pré-conceito.
A torcedora(idiota!) pediu desculpas,A direção do grêmio tentou uma aproximação durante a semana para uma reconciliação e o goleiro aranha não aceitou(direito dele!)
Porém o aranha não era o único jogador negro em campo e porque só ele recebeu vaias e provocações?
Não por ser negro e sim pro ser arrogante.
Um ser humano não deve ser julgado pela cor da sua pele e sim por suas ações e atitudes.

Anônimo disse...

Gaúcho não gosta de aranha...

Anônimo disse...

vc q escreveu esse texto deveria se envergonhar, defender um cara q é antiesportivo, o proprio Pelé fez uma entrevista dizendo que isso acontece em todos jogos, agora dizer q os gauchos são bichas, viado etc ah isso pode neh seu imbecil, racista é o governo brasileiro que da cotas p/ negros, o q leva a conclusão q são incapazes de competir com os brancos por uma vaga segundo o estado, e isso vcs deveriam se preocupar mais q um caso de um cara de cor escura q tem vergonha de ser chamado de negro, desculpe devo dizer afrodescendente. enfim esse povinho brasileiro é um bando de imbecil, enquanto o gov enche os bolsos deixa os babacas discutindo pequenas causas, e gaucho é muito mais macho q o imbecil q escreveu isso , generalizando dizendo q somos racistas deveria se processado.

Anônimo disse...

vao se fude seus troxas filio da puta!!!tao ai escrevendo essas merdas por q qerem ibope seus bostas, aproveitando a repercussão q o caso teve pra ganha like seus hipocritas, nao tao nem um poko preucupado com os fatos.
qualquer um q tava no jogo viu q as vaias foram pelas proporçoes erradas q o caso esta tendo, acham realmente necessario as puniçoes q a torcedora esta tendo? tanto politico fdp cretino roubando e esta livre, negunho robando estuprando e de boa AHH VAO PRA PUTA Q PARIUUU!!!!
qeriam o que? q a torcida estendesse faixas ao aranha? idolatrasse esse merda q ta se beneficiando com a midia? vao se fude seus viado
#dalegremio
#porumriograndeindependente

rio grande sustenta essa porra de pais, esssa merda q e o brasil, pais de hipocritas

Anônimo disse...

os dois ultimos comentarios falaram por toda situação #riograndedosul melhor estado

Anônimo disse...

Concordo, esses que ousam discordar devem ser racistas, o que se viu no jogo foi um total apoio ao ato da menina racista e demais. Rio grande do sul é uma vergonha mesmo, realmente deviam se desvincular do resto do brasil, ninguém quer conviver com um bando de preconceituosos. Gaúchos, por favor, deixem o Brasil, não precisamos de vocês. Ah e o cara que se usou do pelé para contestar o texto, só digo uma coisa, o pelé calado é um poeta.

Anônimo disse...

Comentário acima disse tudo, ninguém faz questão desses gáuchos no Brasil, eles são superiores apenas na ignorância e discriminação.

Anônimo disse...

Tão d brincadeira seus boca braba,a região sul sustenta o resto do brasil, principalmente a região norte, e ai preconceituosos nós e vcs são todos assassinos? maior taxa de criminalidade é na região central do brasil, se julguem antes de criticar.