Após criticar capitalismo, papa chega ao Paraguai, país dividido sobre o aborto

No Paraguai, Francisco deve enfrentar perguntas sobre aborto, tema em debate controverso no país
"Com quase um quarto da população abaixo da linha de pobreza, o Paraguai, terceiro e último destino do papa Francisco em sua visita à América do Sul, é majoritariamente católico. Quase 90% de seus cidadãos consideram o papa como seu líder espiritual e o governo declarou feriado nacional na sexta e no sábado, devido à visita.



O país é um bastião do catolicismo, apesar do avanço do secularismo e das igrejas evangélicas na maior parte do continente. No entanto, o pontífice também encontra uma sociedade profundamente dividida sobre o aborto, após o caso polêmico de uma garota de 10 anos que teria sido estuprada por seu padrasto e foi impedida de interromper a gravidez, apesar dos pedidos de sua mãe.

O caso enfureceu ativistas pelo direito de abortar e esquentou o debate em um país que luta contra altos índices de violência contra a mulher, de abuso de crianças e de casos de gravidez de menores de idade.

O papa deverá ser questionado sobre estes assuntos, e os detalhes de suas respostas serão importantes, já que a Igreja Católica se opõe ao aborto, em teoria, em todos os casos."
Matéria Completa, ::AQUI::
Via Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Comentários: