Hillary diz que EUA vive epidemia de notícias falsas


Da Folha


Derrotada nas eleições presidenciais dos Estados Unido há um mês, Hillary Clinton disse nesta quinta-feira (8) que o país vive uma "epidemia" de notícias falsas.

"Precisamos defender nossa democracia", disse Hillary durante evento com congressistas do Partido Democrata no Capitólio. "[Uma] epidemia de notícias falsas maliciosas e propaganda falsa invadiu as mídias sociais no último ano."
A ex-secretária de Estado pediu que autoridades públicas e empresas privadas tomem atitudes para combater as mentiras e boatos.

"Está claro, agora, que as chamadas 'notícias falsas' têm consequências no mundo real. Não se trata de política ou partidarismo. Há vidas em risco", afirmou a democrata.

A declaração de Hillary parece fazer referência a um episódio, registrado no domingo (4), em que um homem, movido por notícias falsas, abriu fogo dentro de uma pizzaria em Washington, sem deixar feridos.

Durante a campanha presidencial, surgiu o #pizzagate, boato sobre a franquia de pizzarias Comet servir de fachada para uma rede de prostituição infantil liderada pela candidata democrata.

Uma pesquisa publicada recentemente pelo portal Buzzfeed mostrou que, durante os meses que antecederam a eleição presidencial nos EUA, os usuários de redes sociais se engajaram mais com notícias falsas sobre o pleito do que com reportagens reais.

Diante da vitória de Donald Trump na disputa pela Casa Branca, o Facebook foi acusado ter favorecido o republicano por não ter filtrado notícias falsas sobre Hillary, a principal rival dele.
Via Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Comentários: